Lagarta e Borboleta

Então chegou mais um ‘Dia das Mães’.
Mãe é onde tudo começa, onde nascemos para esta vida de nunca estar prontos...
Hoje compreendo e comemoro essa viagem rumo ao gestar e parir de nós mesmos.
Nossa gestação e parto se repetem ciclo após ciclo, renascemos maiores, melhores, mais fortes. Com mais cicatrizes e cabelos brancos, é bem verdade. Mas se estamos atentos e presentes, se aproveitamos os carinhos e castigos do existir, saímos cada vez mais inteiros.
Assim me sinto hoje. Novamente fechando um ciclo. Novo parto, nova Yvone. Mais eu mesma.
Agradeço a todos vocês, homens e mulheres, amigos e leitores. 

Parteiros de mim, junto comigo.
Feliz Dia das Mães.


Visualizações

Arquivo

Categorias